Pesquisar neste blogue

A carregar...

FAIXA N.5 - "VIVER UM DIA DE CADA VEZ É O MEU LEMA"

F.C. Porto - Maior Clube Português de sempre!

I made this widget at MyFlashFetish.com.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Natal é em Dezembro....Natal é quando um homem quiser.....

Mensagem de Natal

Em primeiro lugar, quero aqui referir que vou ser diferente na diferença. Cada qual tem a sua forma de estar e sentir e eu respeito isso.
Espero que também me respeitem na minha forma de estar na vida, só peço isso, mais nada.

Agradeço a todos que já me enviaram as suas mensagens próprias da época Natalícia que vivemos, e dizer que as recebi com agrado, o que desde já agradeço sinceramente e do fundo do meu coração.
No entanto, eu não quero deixar passar por este dia sem vos mandar a minha mensagem de Natal, mensagem esta que foi publicada aqui após o dia simbólico que foi ontem, mas a ideia era precisamente essa, e se lerem o meu texto com atenção, irão entender o porquê.

Começo por dar um abraço para todos aqueles que festejam o Natal nos 365 dias do ano!
Para todos vós, os meus desejos de um dia bem passado! (ou seja, que o passado dia 25 tenha sido um dia especial e de reflexão).

“25 de Dezembro”, ou, “25 de Dezembro” !????

Que dia é este?
Qual o seu Significado?

Não vou sequer discuti-lo, mas para mim é apenas, e cada vez mais uma data simbólica, é apenas mais um dia como todos os outros!
Ponto final, parágrafo e travessão!

-Apenas será diferente, se todos os outros 365 dias tiverem sido de paz, amor, fraternidade e respeito pelo nosso semelhante!
-Apenas será diferente se pudermos sorrir, um sorriso aberto, franco e sincero!
-Apenas será diferente se repararmos no brilho de felicidade nos olhos de uma criança…
… ou na de um adulto!

-Natal tem de ser para todos!
-Natal não pode ser só para para alguns…
…como infelizmente acontece com frequência.


E sabemos, mas não queremos, umas vezes por egoísmo, outras por interesses materiais, que o brilho se torne ainda mais intenso
…só que…
…fazemos por passar ao largo dos problemas, e tornamo-nos indiferentes ao mundo que se vive no exterior.

-Apenas será diferente se nesse dia (25/12), pararmos um pouco para pensar, reflectir, interiorizar, puxar um pouco pela nossa memória rebobinando a cassete, e no fim dessa pequena interiorização ou reflexão se chegarmos à conclusão, que podemos nos sentir aliviados…

ENTÃO‼‼

- Poderemos saltar de contentamento, fizemos Natal, ou, praticamos o Natal!

"Yupiiiii‼‼! Óptimo! Fantástico! Bom sinal!"

-É Sinal que contribuímos para a humanização e fizemos Natal o resto do Ano!
Estarei errado? Deixo-vos à vossa consideração...cada um "per si"...

Ora pensem um pouco o quanto de bom é esse sentimento! Um sentimento deveras ALTRUÍSTA!
"Aliviados por termos feito parte de um Natal com 365 fatias de um bolo completo."

Se não for assim, ou caso tenhamos claudicado, bem … como faria o Snoopy, “Sniff, Sniff…sniiiifff”, chorar já não adiantará, pois não passamos de ano, e devido à nossa mediocridade, reprovamos um ano da nossa vida…as negativas foram imensas, teremos de nos esforçar mais, pois a vida não acaba aqui...

…e ela (a vida) é demasiado curta…
…quando nos apercebermos, paciência!
Quando menos estivermos à espera....

....…PUFFFFFF….acabou…esfumou-se...esvaziou-se… virou cinza, ou na melhor das hipóteses ainda deu para alimentar alguns seres que proliferam por baixo da terra. Temos sempre a possibilidade da incineração, é uma alternativa válida e ao mesmo tempo daremos espaço, aquele que não demos aos outros quando o podíamos fazer...pois as cinzas leva-as o vento!
É a Lei da vida meus amigos, nada a fazer! FINITO!!!! Honra aos vivos!
Nesse momento poderemos cantar a canção da morte...a canção do silêncio!
E que deixaremos nesta vida terrena?
Não respondo, pois cada qual tem a resposta, apenas aquilo que se deixa de obra feita em prol dos outros contará, o resto...nada significa!!!! Outros virão e dirão de sua justiça, ou, talvez não...
Eu sou daqueles que acredito que a justiça tem de ser feita durante a passagem por este mundo, para mim não existe justiça divina. Frases feitas como "Tadinho, era tão boa pessoa apesar de...está morto não falemos do sacana que era, temos de respeitar a morte dele(a)".
Frases como esta, desculpem mas não fazem parte do meu dicionário. Estarão pensando "Então este sacana apela ao Natal nos 365 dias do ano e por outro lado, não perdoa? mas afinal que é isto?
Pois é, é isso mesmo, faço o apelo mas não o pratico em parte, essa parte no meu modo de ser chama-se justiça, a justiça, que por muito que se tente nunca é feita. Vou dar-vos um exemplo imaginário:
-Imaginem alguém que durante toda a sua vida fez tudo, mas tudo mesmo para prejudicar o próximo, destruíu familias, fez mal, fartou-se de rir com o que praticou de mal, e agora no fim de tudo, só sofre uma vez, mas no entanto destruíu e arrasou tudo e todos, certo? Nunca irá pagar pelo que fez, por muito que a justiça seja exercida. Pois é meus amigos, para mim esses não poderão ter a justiça de lhes ser dada a mão, desculpem-me...mas é apenas nestes casos que eu falho, quanto ao resto pratico o Natal a maior parte do ano.
Quem vier atrás que feche a porta…pensarão uns poucos… (egoísmo do mais puro, só isso).
Mas esse não é problema meu, o meu problema é ver os outros, aqueles que sofrem por isto ou por aquilo, tanto ou mais felizes que a minha pessoa, e é também por esse motivo que vos escrevo esta mensagem de Natal.
Para vos dar um pouco de alento, por saber o quanto é difícil a vida nos dias de hoje.
Sabem uma coisa?
Só cá para nós que ninguém nos ouveeu sou dos que pratico o Natal todos os 365 dias do ano, ou pelo menos tento (há sempre as férias, claro, e as excepções de que falei)!
Obrigado por alguns terem lido a minha mensagem e até breve, novamente na labuta do dia-a-dia, ou num sitio qualquer.
Era só isto meus colegas e amigos (as), que vos queria transmitir. (Se há algo de que me sinto orgulhoso e honrado, é o facto de ainda poder utilizar a palavra amigo(a), na sua verdadeira acepção, felizmente para mim).
A palavra banalizou-se… Mas não para mim!

E com este pequeno intróito, com esta pequena reflexão, vos desejo a todos sem excepção, um resto do ano bem passado junto das vossas famílias e “amigos”, com a alegria (não a dos copos), essa é diferente, Não! Não é essa.
Apenas a alegria da consciência tranquila, do bem-estar, do sentimento do dever cumprido, do respeito, de saber que somos todos iguais, e de tudo o mais que a época em si significa.
Para todos vós, mais uma vez um grande abraço muito sentido para os meus amigos e colegas do dia a dia.

(Apenas uma nota final para vos transmitir que fui impedido de transmitir a minha mensagem de Natal original, que até era muito diferente desta. Esta tem mais alguns acrescentos de última hora, mais uns pózinhos de prlim,pimpim. Tenho a lamentar o sucedido, pois a mensagem não ofendia ninguém, e os poucos que a leram poderão corroborar isso mesmo. Mas enfim, é o mundo que temos...)
Por: c.m.

Natal é em Dezembro…
Natal é sempre quando um homem quiser!

Sem comentários: